busca
facebook twitter rss

8 curiosidades sobre biografias no-autorizadas

1. Roberto Carlos
O Rei Roberto Carlos conseguiu tirar das livrarias a biografia "Roberto Carlos em Detalhes", escrita por Paulo César Araújo. Segundo amigos do cantor, ele se chateou com os trechos que falavam sobre seus relacionamentos amorosos e com o relato do acidente no trilho do trem que lhe fez perder parte da perna direita, quando tinha 6 anos.

2. Britney Spears
A cantora passou por um verdadeiro inferno astral com o fim de seu casamento com Kevin Federline. Envolvida em escândalos e bebedeiras, Britney foi um prato cheio para tabloides e biografias não-autorizadas. Uma delas, escrita pelo jornalista investigativo Ian Halperin, atesta que a cantora tentou cometer suicídio em duas ocasiões. De acordo com a biografia, a tendência suicida de Britney apareceu depois do nascimento de seu segundo filho e agravou-se com o colapso do casamento. Divorciada de Federline, Britney lançou o álbum "Circus" (2008), festejado pela crítica como a volta por cima da cantora.

3. JFK e Marilyn Monroe

O livro "Marilyn e JFK" detalha um dos relacionamentos mais explosivos do século XX. O affair entre Marilyn Monroe e John F. Kennedy durou anos, desdobrou-se em um romance de Marilyn com o irmão do presidente e terminou em tragédia - Marilyn morreu com uma misteriosa overdose de remédios em 5 de agosto de 1962 e JFK foi baleado diante de uma nação perplexa em 22 de novembro de 1963. A biografia romanceada de François Forestier destaca a festa de aniversário de 45 anos do político - em que a atriz cantou "feliz aniversário, senhor presidente". A festa teria resultado em um ultimato da primeira-dama, Jackie Kennedy. Foi a última vez que Marilyn e o presidente se viram. O livro relata ainda que as relações sexuais de JFK duravam em média 20 segundos e que, ao ser perguntado pela amante sobre a possibilidade de um casamento, respondeu "Serei presidente dos EUA, não posso me divorciar."

4. John Lennon
Escrita pelo jornalista Philip Norman, a biografia "John Lennon - A Vida" revira a trajetória pessoal do líder dos Beatles. Entre os detalhes sórdidos encontrados estão a atração sexual de Lennon pela própria mãe, evidências de sua bissexualidade, ciúmes crônicos das namoradas e participação em orgias.

5. Madonna
"Ela só ama a si mesma. Espero que as lições da cabala a tenham ajudado entender que ela não é o centro do universo", declarou o irmão de Madonna, Christopher Ciccone, autor da biografia "A Minha Vida com Madonna". O tom amargo domina o relato do irmão da diva, que revelou que Madonna beijou a atriz Gwyneth Paltrow e bebeu cerveja em um pub apenas para "experimentar o que (o então marido) Guy Ritchie experimenta".

6. Rei Juan Carlos
"Uma crônica da história nunca antes contada sobre este casal, que se chamam Juanito e Sofi na intimidade" é a classificação dada pelo escritor Jaime Peñafiel sobre a biografia "Juan Carlos e Sofia - Retrato de um Matrimônio", lançada em 2008. O livro revela detalhes sórdidos do casamento do Rei da Espanha, como a infidelidade crônica do rei, seu relacionamento de 18 anos com uma ristocrata espanhola e as frequentes discussões do casal. Em uma delas, o Rei Juan Carlos teria gritado "Eu te odeio, eu te odeio!" para a Rainha Sofia, que retrucou: "pode me odiar o quanto quiser, mas que se dane, você não pode se divorciar".

7. Alfred Hitchcock
Detalhes da complicada relação do cineasta com suas estrelas foram revelados em "Fascinado pela Beleza - Alfred Hitchcock e Suas Atrizes", escrito por Donald Spoto. Durante as filmagens de "Os Pássaros", a estrela Tipp Hedren era  mantida em total isolamento set - Hitchcockexigiu que  nenhum ator a tocasse, exceto durante as cenas. A atriz também sofreu machucados reais durante as gravações dos ataques dos pássaros do filme e era constantemente humilhada diante do resto do elenco. Quando Tipp Hedren disse que romperia o contrato que a prendia ao diretor, ele ameaçou destruir sua carreira em Hollywood, insinuando que Tipp não conseguiria sustentar a filha "apenas com sua beleza".

8. Tom Cruise
O polêmico envolvimento do ator Tom Cruise com a Igreja da Cientologia é o carro-chefe da biografia escrita por Andrew Morton, intitulada "Tom Cruise - Uma Biografia Não-Autorizada". De acordo com Morton, Tom Cruise tornou-se a segunda pessoa mais importante da instituição, que determinaria todos os aspectos da vida pessoal e profissional do ator.
 

livro indicado

Conhea este e outros livros da coleo!

botao conheca

livro indicado

Tem Lagartixa no Computador

186 páginas Editora Ática (Coleção...

livro indicado

Meu Outro Eu

88 páginas Editora Ática (Coleção...

facebook twitter rss

2005-2012 © Guia dos Curiosos Comunicaes

Todos os direitos reservados. - Nenhum texto pode ser reproduzido sem prvia autorizao.